Blog do Inédito

Criatividade e Inovação, talento desenvolvido ou dom natural?
12/Mar/16autor: Emerson Dias
Criatividade e Inovação, talento desenvolvido ou dom natural?

Criatividade vem do latim CREARE que significa erguer, produzir, também é CRESCERE, aumentar, crescer, mesma origem da palavra criança.

Inovação vem de innovare ou in novus que é tornar jovem, logo, criatividade e inovação, representam a mesma coisa, do ponto de vista semântico, mas de onde nascem as boas ideias?

Elas podem vir de qualquer lugar e, muitas vezes, de onde menos se espera. Dificilmente aparecem “do nada”, pois são resultados de várias conexões. A criatividade é um processo de criação diária e um exercício ao alcance de todos, defendo como uma competência natural do homem para sobreviver, pois muitas vezes nossa criatividade é gerada pelo desespero, resolver o problema que temos naquele momento, não quero dizer que ela sirva sempre, mas para aquela situação específica foi suficiente, a outra forma de ser criativo é a inspiração, mas essa não acontece toda hora, geralmente ela vem de um conexão que fazemos com várias coisas que vemos, sentimos, experimentamos e se conecta a algo que já conhecemos, queríamos criar, enfim, surgiu! Eureka, como disse Arquimedes.

Lembre-se de Robson Cruzoé, que viveu 28 anos numa ilha, ou da história do filme Náufrago, sucesso com Tom Hanks e a bola de vôlei Wilson, ao se deparar com a situação de uma ilha deserta é necessário desenvolver criatividade para sobreviver, aprender a pescar, colher, plantar, talvez até domesticar animais e daí surge pecuária, agricultura, aprender a fazer previsões do tempo, construir ferramentas, enfim, a criatividade flui...

Ser criativo é o que nos move a pensar soluções, resolver problemas, criar alternativas, percorrer caminhos diferentes, produzir novos projetos. No campo profissional, essa habilidade pode representar o diferencial, ainda mais em tempos de crise, ser criativo e inovador é não vivenciar os efeitos nefastos dela a “mardita crise”, mas usa-la como trampolim para um novo patamar. No entanto, não existe uma receita pronta que faz com que tenhamos ideias criativas no momento em que queremos. Mas, a boa notícia é que a criatividade pode ser encarada como se fosse uma espécie de músculo. Ou seja, quanto mais exercitamos, mais ela pode ser desenvolvida.

Também vale lembrar que de nada adianta ter boas ideias se não as colocar em prática, uma ideia que não se transforma em aplicação prática é mero desperdício de tempo, não quero dizer que gerar ideias é desperdício, o que quero dizer é que o mínimo é tentar viabiliza-la, e se não deu certo, tudo bem, vá para a próxima ideia, mas gerar ideias que nunca são testadas, aí sim é desperdício. Não adianta apenas sonhar, é preciso concretizar os sonhos através da materialização deles na vida real.

Por isso, o planejamento é um passo importante entre ter a ideia e torná-la realidade. Digo que Criatividade com planejamento é inovação, sem planejamento é improviso!

E como penso que criatividade é um musculo, listo aqui uma repetição de 10 séries, modalidade supino mental e leg press intelectual para você desenvolver esse músculo vital para sua estética cerebral.

1-Suspender julgamentos em relação as ideias geradas, primeiro pense, depois tente implementar, nesta fase não existem ideias ridículas, infantis, etc.

2-Pesar os prós e contras, pesar os benefícios que a ideia trará e depois os riscos, criar ações para mitigar os riscos e potencializar os benefícios.

3-Compartilhar a ideia ainda cru com outras pessoas, que não sejam ladrões, mas pessoas que possam contribuir com seu projeto, gente do bem.

4-Anotar ideias quando acontecem, deixar para depois pode ser um risco enorme, eu durmo com um caderno ao lado da cama e quando faço minhas caminhadas, levo o celular para gravar minhas falas de ideias que brotaram.

5-Usar o seu melhor horário para produzir, descubra o seu melhor horário e use-o para resolver as coisas mais difíceis neste momento

6-Faça coisas inusitadas, mude rotas, passe um dia com um profissional de outra área, leia temas que não costuma ler.

7-A geografia não nos impede de fazer mais nada, a internet e as redes sociais são prova disso.

8-Situações ideais nunca existirão, sempre vai faltar algo, tempo, recursos, vontade, etc., portanto, crise é só mais um contratempo.

9-Relembre de problemas do passado e como os resolveu, vai perceber que é mais criativo do que pensas.

10-Inovação é um plágio não detectado, sua inovação é a soma de várias outras inovações de outras pessoas, mas com o seu olhar único.

Últimas Postagens

  • test
    Eu sinto na pele em que habito

    No dia 13 de agosto de 2020, promovemos na 

    Leia Mais...
  • test
    Dicas para o seu home office em tempos de Coronavírus

    Quais são as dicas básicas para fazer uma temporada de home office nestes tempos da crise do COVID19? Eu e meu parceiro David Kallás escrevemos um texto sobre isso para

    Leia Mais...
  • test
    O ônus do bônus

    Os americanos utilizam uma expressão, chamada “catch 22”, cuja tradução literal não quer dizer nada em português, mas é usada

    Leia Mais...
  • test
    Um hálito de confiança!

      

    Leia Mais...
  • test
    Estereótipos, democracia e liberdade de expressão

       Recebi a 

    Leia Mais...