Blog do Inédito

Produtividade, música e letra.
30/Nov/15autor: Emerson Dias
Produtividade, música e letra.

Produtividade, música e letra.

Defina produtividade, ou responda, o que seria produtividade para você?

Por experiência posso afirmar que cada leitor chegou com suas próprias palavras à mesma definição de produtividade: fazer mais com os mesmos recursos.

Ou seja, se consigo produzir mais, sou produtivo.

Será mesmo esse conceito válido para todas as áreas, empresas e pessoas?

Minha proposta neste artigo é ampliar um pouco mais a discussão sobre o tema e contribuir para que você leitor possa ser mais produtivo, o que aliás em tempos de crise é um diferencial enorme.

Vamos partir do princípio que para falar de produtividade precisamos antes falar do tempo, sim o tempo, o que é tempo para você?

Quando alguém te pergunta na rua; você tem tempo? A resposta geralmente é: agora não, claro, pois espera-se que logo após a pergunta venha algo além, como uma proposta de venda de produto ou serviço, talvez uma pesquisa, enfim, podem ser várias coisas. Nessa hora, estamos usando o conceito de tempo cronológico ou quantitativo, aquilo que Renato Russo cantava na canção Tempo Perdido:

Todos os dias quando acordo, não tenho mais o tempo que passou”.

Por outro lado, quando estamos na beira da piscina ou de frente pro mar, curtindo um bom e merecido descanso, a ideia de tempo muda e passamos a nos preocupar com o tempo meteorológico, vai chover, vai esfriar, vai nublar. E, se ele estiver bom, vamos querer estender um pouco mais nosso tempo, não vamos querer que ele passe, damos ao tempo um sentido qualitativo. Os gregos na antiguidade chamavam isso de tempo Kairos, um minuto de felicidade não pode ser igual a um minuto de tristeza, o tempo tem valor diferente neste caso, podemos pensar na canção Paciência de Lenini, quando ele diz:

“Enquanto o tempo, acelera e pede pressa, eu me recuso, faço hora, vou na valsa, a vida é tão rara”

Ora, se o tempo, que é base para a produtividade, não é visto de forma igual pelas pessoas, porque a produtividade então seria?

Voltando ao conceito de produtividade, fazer mais com o mesmo recurso. O recurso é o tempo e já vimos que existem medidas diferentes. E o fazer mais, o que seria então? Ai a coisa se complica um pouco, pois fazer mais para um vendedor, pode ser diferente de fazer mais para um técnico de manutenção.

O vendedor pode querer visitar mais clientes nas mesmas 10 horas de trabalho diário dia após dia, pois se ontem ele visitou 3 e hoje visitar 4 terá sido mais produtivo hoje do que ontem, usou a mesma quantidade de tempo, mas falou com mais clientes.

Do mesmo modo, se o técnico de manutenção consertou uma máquina ontem em 2 horas e se hoje ele consertar um problema igual em 1 hora e 45 minutos terá sido mais produtivo hoje do que ontem, poupou tempo.

Ambos fazem mais com o mesmo recurso de tempo que lhes foi dado, porém, cada um usa o tempo a favor de sua atividade.

Mas aí eu pergunto, e o resultado? Será que o resultado foi satisfatório? Será que essa máquina não vai dar o mesmo problema amanhã, ou daqui alguns dias? Será que os 4 clientes visitados vão comprar? Entra agora uma questão importante, que é o retorno recebido em troca da alocação do tempo, ou que chamo de Alto Retorno.

Penso eu que antes de iniciar a ação, da alocação do tempo, é preciso pensar no retorno que se terá ao utilizar o tempo, e não falo de retorno apenas financeiro, o retorno qualitativo do uso do tempo, no que vai resultar isso? Por que alocar tempo nisso?

Essa pergunta é essencial que cada um se faça, pois, visitar 4 clientes que não compram num dia inteiro de trabalho não será mais produtivo que visitar apenas 1, mas que compre seu produto ou serviço, esse seria o alto retorno para o vendedor.

Do mesmo modo, não ter que resolver o problema de manutenção da máquina que se repete, pois em sua construção ou manutenção aplica-se o melhor recurso, também é ser mais produtivo que consertá-la de tempos em tempos, é investir tempo no alto retorno que é a qualidade da máquina vendida.

Certa vez, li na porta da sala de um executivo a frase: “A falta de planejamento do seu lado, não representa uma urgência do meu lado”. O que ele queria dizer com isso era: não tome meu tempo com problemas que você deveria ter resolvido no devido tempo.

Esse executivo estava dando uma aula de alocação do tempo em atividades de alto retorno, ele não queria ser importunado em seu tempo. Na certa ele tinha uma lista de atividades que precisaria investir tempo e sair dela o tornaria improdutivo, pois no fim do dia ao olhar a lista e perceber que a fez por completo, lhe daria o senso de produtividade, ao contrário, olhar a lista, e perceber que nada do que foi planejado foi executado, pois algo aconteceu e tomou seu tempo, lhe traria a sensação de improdutivo.

De fato, quem gerencia suas ações, aumenta sua produtividade – isso significa dar qualidade ao uso do seu tempo, ter foco nas atividades de alto retorno e passar a maior parte do tempo nelas.

Então, pensar produtividade é pensar antes, no retorno esperado pela alocação do tempo em suas atividades, focar nas atividades de alto retorno e delegar ou reduzir o tempo usado em atividades que não são alto retorno para a sua função e eliminar atividades que não tem retorno algum, mas que insistem em aparecer na agenda,

John C. Maxwell uma vez disse: “Seu Sucesso é determinado por sua agenda diária”.

Como anda sua agenda? Onde você tem alocado seu tempo, quais são suas atividades de alto retorno?

Porque o jogador de futebol Neymar é bom? Ele é bom porque passa a maior parte do tempo lá na frente querendo fazer gols, onde ele é bom, ele não joga na retaguarda, ele fica a maior parte do seu tempo onde ele é bom, onde tem alto retorno.

Concluindo, agora vamos ouvir os Titãs na canção Go Back

“Não tenho tempo a perder, só quero saber do que pode dar certo”

Assista a entrevista:

https://www.youtube.com/watch?v=nTgESaQfiiY

Últimas Postagens

  • test
    Estereótipos, democracia e liberdade de expressão

       Recebi a 

    Leia Mais...
  • test
    Funcionários felizes são, em média, mais produtivos!

    Já não é novidade que a qualidade de vida está diretamente ligada à produtividade no trabalho. Um estudo realizado pela Universidade

    Leia Mais...
  • test
    39kg de cocaína no avião

    Fico imaginando qual seria a reação dos consumidores se fosse descoberto que um piloto, que trabalha para a empresa XYZ (uma gigante multinacional), responsável por levar o CEO

    Leia Mais...
  • test
    Inteligência Emocional e a Liderança

    Uma  forma de avaliar o impacto das características na liderança é através do conceito de inteligência emocional, que emergiu na literatura acadêmica no

    Leia Mais...
  • test
    Finanças comportamentais e a economia comportamental, afinal o que é isso?

    Numa tomada de decisão, você leva mais em conta o seu lado racional ou emocional? Se você disse emocional, parabéns! Agora, se não disse, sinto lhe

    Leia Mais...